Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2012

Fernando Pessoa enquanto "sebastianista racionalista", em oposição aos “Sebastianistas literais”

Fernando Pessoa sobre Salazar: do benefício da dúvida (1928) até à critica feroz (1933-1935)

Império espiritual sobre o cadáver de um império material

Fernando Pessoa: adepto do fascismo ou livre-pensador liberal?

O “sebastianismo racional” de Fernando Pessoa não é um paradoxo mas antes um cinismo pragmático.

A Mensagem como ‘anti-Lusíadas’: Fernando Pessoa como Messias de Portugal.

Among so many heteronyms, why just Álvaro de Campos?

António Ferro: a ambição de transformar o exercício do poder numa "obra de arte contemporânea"

A reacção de Fernando Pessoa ao discurso de Salazar proferido, em 1935, na Festa dos Prémios Literários

Os discursos de Salazar e de António Ferro no filme “Poesia de Segunda Categoria”